logo
Somos um grupo de profissionais apaixonados por pets e adestramento, que entre um encontro e outro, demos vida à Pet Maníacos. Temos muita vontade de crescer e mostrar que é possível uma convivência harmoniosa e cheia de respeito entre animaizinhos e humanos.
Ligue: (11) 4113-5335 | (11) 97202-0855
contato@petmaniacos.com.br
(11) 4113-5335 | (11) 97202-0855

Cães que não gostam de coleira: como acostumá-los?

1. Qual é a importância da coleira para os pets?

A Coleira é extremamente importante aos pets primeiramente devido a sua segurança, pois o tutor tem
o controle do cão em situações de emergência como, por exemplo, um outro cachorro agressivo indo em cima do seu cão ou um próprio susto (fogos de artifícios, trovões, carros ou motos). Situações essas em que seu pet pode fugir, causar ou sofrer algum acidente.

Existe também a possibilidade de colocar a medalha de identificação com o nome dele e o número de contato do tutor ajudando assim os donos numa possível fuga ou roubo do pet, e depois é claro, a coleira não só será uma ferramenta de controle do seu cão, mas sim uma ferramenta de comunicação entre o tutor e seu animal.

2. Alguns cães não gostam de usar esse “acessório”. Por que isso acontece?

Normalmente isso acontece porque alguns tutores não sabem apresentar as coleiras da maneira correta, se coloque na situação do seu animal, ele não está acostumado com aquele “acessório” que não deixa você ir onde você quer e ainda existe o incomodo que ela causa no pescoço ou no peito. Levando em consideração também que existem cães que foram abandonados  e nunca utilizaram esse acessório, e portanto, é algo novo e tudo que se é novo na vida do pet temos que inserir de maneira gradual e sempre associando de uma maneira positiva.

3. Como podemos acostumar o pet a usar a coleira e minimizar o incômodo que eles sentem?

Para minimizar o impacto que esse acessório causará ao pet temos que inserir sempre de maneira gradativa, dessa maneira eles irão acostumando com a coleira. A dica é sempre associar a algo positivo e em ambiente controlado onde não haverá outras distrações (dentro de casa, por exemplo), diminuindo assim o incomodo que seu pet irá sentir.

Deixe ele cheirar e conhecer o objeto antes. Um erro muito comum são os tutores comprarem as guias e já tentarem colocar no seus pets, coloque tranquilamente no pescoço ou peito do seu cão enquanto o distrai com um petisco. Após algumas repetições ele irá associar sempre que ele vê a coleira que vem junto com ela um agrado. No início você não precisa já tentar controla-lo com a guia, deixe ele agir naturalmente arrastando a guia para que se acostume com o peso e com os barulhos que aquele acessório faz com o movimento. Então ensaie com ele pequenos passeios dentro de casa, após essa etapa vá inserindo pequenos passeios na rua em horários que sejam mais tranquilos e que tenham menos distrações até gradativamente chegar ao passeio desejado.

Gustavo Porto
Adestrador e Consultor Comportamental