logo
Somos um grupo de profissionais apaixonados por pets e adestramento, que entre um encontro e outro, demos vida à Pet Maníacos. Temos muita vontade de crescer e mostrar que é possível uma convivência harmoniosa e cheia de respeito entre animaizinhos e humanos.
Ligue: (11) 4113-5335 | (11) 97202-0855
contato@petmaniacos.com.br
(11) 4113-5335 | (11) 97202-0855

Comportamento T

Home  /  Publicações identificadas "Comportamento"

Como a própria frase diz, é tornar um ambiente enriquecido de estímulos capaz de promover a possibilidade de o animal apresentar o mínimo de seu comportamento natural e ser capaz de promover bem-estar, qualidade de vida, saúde física e mental em situações de cativeiro/domiciliado. Ou seja, sabendo que o comportamento natural dos cães é percorrer longas distâncias em busca de alimentos (forragear), parceiros reprodutivos e uma grande capacidade de interação social. Manter um cão domiciliado oferecendo o alimento somente na vasilha, não o possibilitando apresentar o comportamento de forragear ou até mesmo de simular caças, não permitindo convívio social o deixando

1. Qual é a importância da coleira para os pets? A Coleira é extremamente importante aos pets primeiramente devido a sua segurança, pois o tutor tem o controle do cão em situações de emergência como, por exemplo, um outro cachorro agressivo indo em cima do seu cão ou um próprio susto (fogos de artifícios, trovões, carros ou motos). Situações essas em que seu pet pode fugir, causar ou sofrer algum acidente. Existe também a possibilidade de colocar a medalha de identificação com o nome dele e o número de contato do tutor ajudando assim os donos numa possível fuga ou roubo do pet,

Alguns estudos sugerem que a relação entre pets e crianças ajuda no desenvolvimento emocional e social. Aprende-se a sociabilização a cada ação e reação do pequeno e do cãozinho. Diferentemente da relação da criança com o brinquedo, por exemplo, onde ela tem o total poder. Além disso, a relação desenvolve responsabilidade na criança, uma vez que um animal precisa de cuidados. Nesse momento é importante que a criança seja orientada por um adulto. Ela pode ficar encarregada de limpar o ambiente do animalzinho, fornecer comida, passear, ensinar alguns comandos de adestramento e dar carinho. Claro que isso vai ocorrer de acordo com