logo
Somos um grupo de profissionais apaixonados por pets e adestramento, que entre um encontro e outro, demos vida à Pet Maníacos. Temos muita vontade de crescer e mostrar que é possível uma convivência harmoniosa e cheia de respeito entre animaizinhos e humanos.
Ligue: (11) 4113-5335 | (11) 97202-0855
contato@petmaniacos.com.br
(11) 4113-5335 | (11) 97202-0855

Veterinária T

Home  /  Publicações identificadas "Veterinária"

Como a própria frase diz, é tornar um ambiente enriquecido de estímulos capaz de promover a possibilidade de o animal apresentar o mínimo de seu comportamento natural e ser capaz de promover bem-estar, qualidade de vida, saúde física e mental em situações de cativeiro/domiciliado. Ou seja, sabendo que o comportamento natural dos cães é percorrer longas distâncias em busca de alimentos (forragear), parceiros reprodutivos e uma grande capacidade de interação social. Manter um cão domiciliado oferecendo o alimento somente na vasilha, não o possibilitando apresentar o comportamento de forragear ou até mesmo de simular caças, não permitindo convívio social o deixando

Sociabilizar é o processo de se tornar sociável, ou seja, estar apto a viver em sociedade! Redundâncias a parte, pensando em tornar um cão sociável, é fazer com que o mesmo interaja e se adapta a diversas situações do dia a dia de uma forma natural e tranquila. Na fase inicial da vida do cão, ou seja, nos seus primeiros 3 meses de vida a atividade cerebral está em pleno desenvolvimento e o que apreender nesta fase irá agregar para o resto de sua vida. Por isso, entendemos que essa é a fase primordial no que se refere à sociabilização. Se, neste

Hoje em dia  muitos lugares estão abrindo as portas para os pets como shoppings, hotéis, restaurantes, cafés e parques. Mas para que essas recepções continuem acontecendo é necessário que os tutores sigam as regras de cada estabelecimento. Devemos ensinar nossos pets a maneira correta de se comportarem nesses locais. Muitas pessoas não gostam ou tem medo de animais, e nesse caso devemos respeitar a individualidade de cada um. Procurar manter seu cão na guia, próximo a você, deixando que chegue perto de outras pessoas apenas se essas pedirem para fazer um carinho no seu pet. Ensinar a não subir nos móveis, não ficar

A medicina veterinária comportamental é a especialidade atuante no diagnostico e tratamento dos mais diversos distúrbios de comportamento. Não substituindo a terapia comportamental, e sim, uni forças para uma melhor avaliação diagnostica, promovendo a escolha ideal de um protocolo terapêutico. Em muitos distúrbios de comportamento, como agressividade, medos, fobias, traumas e ansiedade, podem estar associados à comorbidades importantes, como crises de dor ortopédicas, odontológicas, gastrointestinais, alterações orgânicas como as hepatopatias, endocrinopatias, nefropatias, neuropatias entre outras, desta forma, predispondo o animal a apresentar alterações comportamentais. Elevando a importância e necessidade da medicina veterinária comportamental na abordagem dos distúrbios de comportamento animal. Nos